Como tratar a acne no verão

Publicado por link9 em

A acne é uma doença caracterizada pelo aparecimento de espinhas, cravos, nódulos e cicatrizes que compromete o rosto, dorso e peito. Ela atinge os homens num percentual um pouco maior do que as mulheres e geralmente ocorre na puberdade que é um período de transição hormonal. A causa da acne não está totalmente estabelecida mas estão envolvidos: fatores genéticos, a glândula sebácea, os hormônios androgênicos, as bactérias do microbioma cutâneo, entre outros.

Podemos dizer que temos alguns tipos de acne:

1- Acne da puberdade ou adolescência

2-Acne da mulher adulta

3-Acne por medicamentos ou erupção acneiforme

4- Acne do recém-nascido

As mais frequentes e importantes são a acne dos adolescentes e acne da mulher adulta. A acne dos adolescentes tem relação com a genética e ocorre mais na testa e bochechas. As lesões são polimorfas, algumas sem inflamação (comedão) e outras muito inflamadas (pápulas, cistos e nódulos).

A acne da mulher adulta aparece nas mulheres de mais de 25 anos na região do queixo e pescoço. A localização é típica assim como o tipo de lesão que é inflamada e dolorosa. A acne da mulher adulta tem maior relação com distúrbios hormonais entre eles a síndrome do ovário policístico.

Tratamento

O tratamento de escolha para a acne é baseado no tipo de acne e na intensidade e distribuição das lesões.

São utilizados tratamentos tópicos como peróxido de benzoíla, retinoides, alfahidroxiácidos e ácido salicílico. No tratamento sistêmico podemos utilizar os antibióticos e a isotretinoína que é conhecido como o “Roacutan”.

O tratamento da acne não deve ser interrompido no verão. Nesta época a oleosidade costuma piorar pois o calor estimula a glândula sebácea que é corresponsável pelo aparecimento das espinhas e inflamação.

A limpeza da pele deve ser intensificada no verão e podem ser usados produtos desengordurantes como ácido salicílico e ácido glicólico ou outros alfahidroxiácidos.

A lavagem ou limpeza da pele deve ser feita 2-3x ao dia dependendo das atividades do seu portador. O filtro solar para as pessoas que tenham acne deve ser pouco oleoso e não entupir a pele ou seja ser “oil free” e não comedogênico (de comedão). Hoje no mercado existem filtro solares específicos para pele com características de menos óleo e pouca comedogenicidade. O filtro deve ser usado de 2 a 4x por dia dependendo da exposição ao sol.

O tratamento da acne não deve ser descontinuado porém modificado ou amenizado. As pessoas tomando “Roacutan” e cuja pele estiver descamando e muito avermelhada devem conversar com seus dermatologistas e discutir sobre a diminuição da dose ou da frequência do seu uso. Caso mantenham o tratamento com “Roacutan” o cuidado com o filtro deve ser redobrado.

O uso dos retinoides como ácido retinóico, adapaleno ou retinol podem ser mantidos contando que não irritem e avermelhem a pele.

Uma alternativa, no verão, ao uso dos retinoides podem ser os alfahidroácidos ou ácido salicílico.

Hidratação

A hidratação da pele com acne é fundamental durante todo o tratamento principalmente no verão para evitar danos a barreira cutânea. A pele oleosa e com acne, não necessariamente tem água suficiente em sua composição. A desidratação da pele sempre promove mais irritação e avermelhamento e piora a inflamação da acne. O hidratante deve ser leve, não oleoso e não comedogênico.

Os peelings e os lasers ablativos para o tratamento da acne devem ser evitados no verão e realizados em épocas menos ensolaradas.

Manter o tratamento da acne com cuidados especiais ajuda num aproveitamento total do verão.

Dra. Denise Steiner
Dermatologista
CRM: 36.505 - RQE 6185

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &