Envelhecimento da pele: como tratar?

Publicado por link9 em
O envelhecimento começa quando nascemos, mas seus sinais na pele surgem na vida adulta e trazem insatisfação. Como tratar?

[embed]https://youtu.be/f5ImH7lhYDU[/embed]

Envelhecimento é progressivo, mas podemos intervir

O envelhecimento é um processo natural e que vai aumentando depois de uma certa idade.

Se você começou a observar melhor sua pele nos últimos tempos e viu que alguma coisa estava diferente, um sulco novo, o contorno sem definição, a papada mais proeminente, o olho fundo, saiba que são sinais de envelhecimento.

Desde que a gente nasce, começa a envelhecer e há uma modificação de várias estruturas: osso, musculatura, ligamentos, pele, colágeno. Tudo isso vai modificando.

Então hoje nós vamos falar sobre algumas soluções para tratar este envelhecimento global.

História do preenchimento

Você já deve ter ouvido falar de harmonização, volumização ou MD codes. São alguns nomes dados para técnicas de preenchimento.

Eu posso falar muito bem sobre isso, porque eu acompanhei todo esse caminho e quando comecei a minha vida profissional de dermatologista não havia ainda preenchedores.

Nós começamos a usar os preenchedores para algumas rugas.

Então a gente tinha um sulco mais marcado e injetava aquele produto no local.

Com o passar do tempo foram aumentando as oportunidades de produtos, foi havendo mais escolhas que se pode fazer.

Existe o produto que é melhor para o lábio, existe o produto que é melhor para olheira, por exemplo. Nós começamos a ter mais abrangência nesse tipo de tratamento.

Esse tratamento, que no final das contas é um tipo de preenchimento, consta de utilizarmos um produto, que é colocado numa seringa, para fazer uma injeção na pele.

Tratando envelhecimento com preenchimento

Eu posso corrigir um olho muito fundo, por exemplo, uma olheira, melhorar o contorno dos lábios e o sulco.

Só que devido ao aperfeiçoamento dessas técnicas e a melhoria dos produtos nós conseguimos chegar na reestruturação.

Com esse tipo de tratamento conseguimos fazer uma coisa mais global, na qual, em vez de ficar enchendo esse sulco, podemos fazer um alicerce acima e melhorar um pouco o contorno, de forma que, ao subir essa região, o sulco já melhorava.

Então foi havendo uma espécie de arte, por isso chamamos harmonização ou então volumização, mas na verdade o nome mais correto seria reestruturação.

Nós podemos colocar alguma substância que defina melhor a linha da mandíbula, alongar um pouco o queixo que está muito para dentro, levantar a sobrancelha quando a região das têmporas está muito funda.

Muita coisa pode ser feita com esses preenchedores que são o ácido hialurônico, a hidroxiapatita de cálcio e também o ácido polilático.

Bioestimuladores de colágeno

Mais recentemente nós passamos a associar a bioestimulação, que também é muito interessante.

Na bioestimulação também usa-se a hidroxiapatita de cálcio ou então o ácido polilático só que diluídos, assim a gente consegue fazer uma colocação na pele de uma forma bem homogênea.

Com o produto bem diluído você não faz volume, mas lá dentro ele vai estimular o seu colágeno.

Junto com a bioestimulação, na mesma sessão, nós também podemos estruturar o rosto e fazer uma bioestimulação para o pescoço, melhorando essa pele que está um pouco mais fina e um pouco mais caída.

A bioestimulação também pode ser feita do corpo, nas nádegas, no braço que fica balançando. Basta ser bem avaliada se há flacidez.

Hoje há muitos recursos e por isso é interessante a prevenção, para que a gente possa avaliar e fazer a combinação dos melhores tratamentos.

Nós podemos ajudar para que você vá envelhecendo de uma forma natural, bonita e saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &