A Dermatologista Dra. Tatiana Steiner fala sobre COLÁGENO e sua ação na pele

Publicado por link9 em

Colágeno é a proteína animal mais abundante no nosso corpo e funciona como uma espécie de tijolo na construção de diversos tecidos: ossos, dentes, tendões, músculos e PELE.

Com a idade, sua fabricação natural diminui e fatores como estresse, nutrição, doenças, entre outros, podem prejudicar sua produção pelo organismo.

A suplementação é benéfica, mas precisa estar aliada a uma alimentação rica em proteínas magras e ômega-3, que ajudam a estimular sua produção, além de alimentos com vitamina C e E, cobre, selênio, zinco e silício (elemento chave na síntese do colágeno).

Qual a função do colágeno?

O colágeno desempenha função estrutural de unir e fortalecer os tecidos, responsáveis pela coesão, firmeza e elasticidade da pele, tendões, cartilagens, artérias, órgãos e ossos.

Com relação à pele, alguns tratamentos faciais estimulam a produção de colágeno, melhorando a flacidez e rugas.

Reposição de colágeno:

Se há alguma deficiência de nutrientes no organismo, o ideal é procurar ajuda médica para saber como repor adequadamente.

Atualmente os suplementos de colágeno estão cada vez mais aperfeiçoados, com melhor absorção, estimulando sua produção natural em locais que o corpo necessita.

Quando você faz a suplementação com colágeno, o ideal é fazer algum procedimento facial de estímulo ao colágeno, pois os dois juntos potencializam os efeitos no rosto! Algumas opções são o Sculptra® (tratamento injetável para estímulo de colágeno e combate às rugas, feito a partir de um composto de ácido poli-L-láctico, substância que é absorvida pelo organismo), laser conhecido como 4D para rejuvenescimento, microagulhamento, entre outros que poderão ser indicados após análise individual em consulta.

É importante o colágeno ser hidrolisado – Por que?

O colágeno quando não hidrolisado se apresenta em moléculas grandes e, portanto, não são absorvidas pelo organismo de forma eficaz. A hidrolisação ‘quebra’ o colágeno em pequenas partículas com baixo peso molecular (peptídeos), otimizando sua absorção sem afetar os seus benéficos!

Como deve ser tomado?

Encontramos colágeno em diversas formas e apresentações, como cápsulas, em pó e líquido (bebidas com colágeno). É possível encontrar a versão natural, à granel, mas normalmente sem as vitaminas necessárias para a síntese do colágeno que já estão nas versões industrializadas.

Antes de comprar, é preciso consultar o médico e ficar atento aos rótulos: não é qualquer colágeno que ajuda!

Quais alimentos estimulam o colágeno?

O consumo de proteína animal (carnes), após passar pelo sistema digestivo, estimula a produção de colágeno.

Importante: a ingestão do colágeno deve estar associada ao consumo de alimentos que são fontes de vitamina C, E e minerais, como selênio e zinco, pois sua síntese no organismo depende desses nutrientes.

 

Dra. Tatiana Steiner - CRM 109788 / RQE 24723

Dermatologista, Especialista pela SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &