Queratose actínica

Publicado por denisesteiner em

As Lesões que antecedem o câncer de pele

Queratose actínica é o nome da lesão pré-cancerosa muito frequente na pele de pessoas claras. Ela aparece como uma placa avermelhada e descamativa as vezes com crostas e também com vasinhos mais dilatados na lesão ou em volta da mesma.
A sensação do leigo é de uma lesão que está sempre ativa, vermelha, machucada e que nunca melhora. Ela também pode ser uma mancha acastanhada com descamação e pontos avermelhados. O tamanho não á bem definido e as áreas mais comprometidas são a face e o colo e também membros superiores e inferiores.
A queratose actínica aparece mais em pessoas de olhos e pele clara cujas parentes próximos ou até ele mesmo já tiveram câncer de pele. O tratamento para queratose actínica é a retirada da lesão. Discuta com seu médico as alternativas possíveis.

Opções de tratamento:
Cremes à base de 5-fluorouracil e tacrolimus - Eles são usados de 2 a 5 vezes por semana, por alguns meses, podem causar irritação e muitas vezes não são suficientes para eliminar a lesão completamente.
Curetagem cirúrgica - É um procedimento de raspagem da lesão feita numa única vez e com recuperação em cerca de 10 dias.
Nitrogênio líquido - É um procedimento onde a lesão é queimada pelo frio quando a cirurgia não é possível de ser realizada.
Ingenol-mebutato - Medicação nova que deve ser aplicada na lesão e em toda a região ao redor da mesma 1 vez ao dia durante 3 dias segidos. Ela causa irritação e descamação como um peeling químico. A recuperação acontece em cerca de 10 dias.
Exérese seguido pela sutura - é uma alternativa cirúrgica, quando existe a uspeita de que a lesão já tenha se transformado em câncer de pele. Quando existe a suspeita que a lesão já é um tumor.
Quando diagnosticada precocemente a queratose actínica é eliminada totalmente e o prognóstico é bom
Cuide da sua pele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &