NOVO PREENCHEDOR PARA TRATAMENTO DO ENVELHECIMENTO

Publicado por denisesteiner em

 

 

Policaprolactona: segurança, eficácia e duração.

A marca mais importante do envelhecimento cutâneo é a flacidez que acontece devido a diminuição do colágeno ao longo do tempo. Por volta dos 30 anos, já começamos a produzir menos colágeno e além da idade outros fatores como doenças sistêmicas, fumo, remédios, estresse, poluição, má nutrição também interferem na perda dessa proteína tão importante para o organismo. O rosto, pescoço são praticamente afetados pela flacidez e após a menopausa, o corpo também se torna flácido nos braços, pernas e abdômen.

Vários tratamentos podem ser realizados para tratar a flacidez facial e corporal, tais como: laser, radiofrequência, ultrassom focado, entre outros. Essas tecnologias se baseiam em emitir calor intenso e profundo que estimula a neocolagênese, dando mais tonicidade a pele.

Agora uma nova modalidade de tratamento denominada de bioestimulação, também vem sendo utilizada para melhorar a flacidez facial e corporal. A bioestimulção consiste em injetar na pele flácida substâncias biocompatíveis que são capazes de estimular a formação de colágeno novo e de boa qualidade. As substâncias já utilizadas para essa função são: ácido hialurônico, ácido polilático, hidroxiapatita de cálcio cada qual com suas potencialidades e características especificas.

Chega no mercado brasileiro, uma nova substância com grande capacidade de estimulo de colágeno denominada Policaprolactona. A Policaprolactona é um polímero formado de microesferas totalmente lisas e biocompatíveis num gel de carboxicelulose. Existem quatro apresentações desse produto: S, M, L, E que variam conforme o tamanho da molécula e duração do efeito na pele.  A Policaprolactona, além de produzir efeito de preenchimento tem uma grande capacidade de estimular o colágeno e permanecer mais tempo na pele. O produto já é usado cerca de 10 anos na Europa com resultados promissores.

Trabalhos científicos embasam através de estudos com histologia a grande eficácia e duração do produto. Ele é aplicado na profundidade da pele com agulhas ou cânulas e promove o preenchimento dos sulcos de forma imediata e também o estimulo do colágeno que começa com 4 semanas e pendura até 12 meses. O produto deve ser aplicado por médico para evitar complicações e não pode ser colocado em grande quantidade para manter resultados naturais. Pessoas com infecções ou doenças auto imunes ativas, não devem ser tratadas com a Policaprolactona.

Essa nova modalidade de preenchedor e bioestimulção é muito segura, eficaz e douradoura, e, portanto, uma nova boa opção para o tratamento do envelhecimento cutâneo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &