Melasma: conheça o tratamento com ácido tranexâmico

Publicado por denisesteiner em

Melasma é uma mancha acastanhada, crônica, que aparece com frequência nas mulheres na idade adulta. Embora não haja sintomas como coceira, dor ou contagiosidade, essa mancha é perturbadora demais para seus portadores, pois afeta a aparência e autoestima. No verão devido à grande luminosidade e calor ela piora muito, mesmo com uso do filtro solar. A causa do melasma é multifatorial interferindo o sol, calor, hormônios, pílula anticoncepcional, remédios, estresse, gravidez, entre outros.

A proteção solar é fundamental e o melhor filtro solar é aquele que tenha a proteção para UVA e UVB, (amplo expectro) fator de proteção 50 e que tenha cor semelhante a uma base. Isto porque somente a cor (pigmento) protege em relação a luz visível que além de existir ao ar livre também existe na luz das lâmpadas e computador. O filtro deve ser repetido a cada 2-3 horas.

Outra novidade em relação ao tratamento do Melasma é o uso oral do ácido tranexâmico. Este medicamento é utilizado para tratamento de hemorragia, porém se observou que seria útil no Melasma, conseguindo bloquear os estímulos que levam a produção de melanina.

A Universidade de Mogi das Cruzes a qual eu tenho a honra de coordenar, realizou uma pesquisa utilizando essa medicação. Foram estudadas 47 mulheres com Melasma divididas em 2 grupos, metade dessas mulheres tomaram o ácido tranexâmico 250mg 3x ao dia 3M e a outra metade tomou Placebo (comprido de farinha) 3x ao dia 3M. As pacientes foram avaliadas antes e depois do tratamento com várias metodologias:

1º - Fotografia.

2º Grau de gravidade da doença.

3º - Colorimetria, (aparelho que mede a quantidade de pigmento).

4º Questionário de qualidade de vida para o melasma.

Metade dos pacientes que tomaram a medicação melhoraram nos quatro métodos comparando com somente 6% das mulheres que tomaram o placebo. O remédio provocou poucos efeitos colaterais que foram relacionados a distúrbios gástricos.

O tratamento com ácido tranexâmico via oral foi eficaz e seguro quando comparado ao placebo. O ácido tranexâmico é uma medicação e por isso precisa ser receitado pelo médico. O dermatologista precisa pedir exames sanguíneos que demonstrem a possibilidade do uso da medicação. Esse tratamento é alentador, mas é necessária uma consulta médica para a avaliação da gravidade do Melasma e também dos fatores que podem estar ajudando ou atrapalhando. Após a consulta e exames, aí sim é possível utilizar essa medicação atual e promissora.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &