Síndrome do Viajante

A Síndrome do Viajante ou síndrome da classe econômica é o apelido utilizado para a trombose venosa profunda causada por viagens de longa duração. Sua consequência muitas vezes pode ser a embolia pulmonar, que consiste na migração do coágulo formado nas veias da perna para a artéria pulmonar.

O risco acontece devido o fato de se permanecer longos períodos na mesma posição durante a viagem e a dificuldade para andar e se movimentar normalmente. Além disso, alguns fatores de risco individuais somados à imobilidade aumentam consideravelmente a chance de formação de coágulos.

A desidratação devido o ar condicionado e a pressurização da cabine deve ser combatida através da ingesta de líquidos.

Deve se atentar para o uso de calmantes para dormir durante as viagens, pois diminuem a mobilidade da pessoa, fazendo com que ela passe muitas horas na mesma posição.

O uso de roupas apertadas deve ser evitado, pois quando se está sentado pode haver dificuldade na circulação sanguínea.

Muitas vezes se recomenda o uso de meias elásticas durante viagens de longa duração. Seu uso deve ser orientado por um médico especialista.

Pesquisar

Entre em contato

Preencha o formulário abaixo e em breve entraremos em contato para oferecer mais informações:


Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &