Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia

:: Dicas

Vírus e Pele 

Outono oferece clima ideal para sua manifestação

O verão não é a única estação que representa uma ameaça para a pele. O outono e a primavera são outros inimigos para tez. Na meia-estação, os vírus estão à solta e podem trazer problemas sérios para a pele, como as verrugas e o molusco contagiosos, que se multiplica rapidamente pelo corpo.

As temperaturas mais amenas e com constantes alterações, próprias da meia-estação, são ideais para a manifestação dos vírus. Não se restringem apenas às gripes e resfriados; esses inimigos atacam também a pele, provocando o aparecimento de verrugas e molusco contagioso. Causam ainda o sarampo, a varicela (catapora) e a escarlatina. Além do comprometimento da derme, segundo a dermatologista Denise Steiner algumas dessas moléstias podem trazer conseqüências graves e até levar a morte. Por isso, é importante conhecer suas manifestações e os cuidados que exigem.

Verruga e molusco contagioso

São alterações na pele que surgem mais freqüentemente na meia-estação. O molusco contagioso, por exemplo, é uma espécie de verruga, com aparência de bolinha, que se espalha rapidamente pelo corpo. Já as verrugas podem ser de vários tamanhos e tendem a crescer se não forem eliminadas. Além de comprometer a pessoa esteticamente esses problemas podem, aliados à exposição excessiva ao sol, desencadear o câncer de pele.

Assim que aparece a primeira verruga ou molusco contagioso, deve-se procurar um médico, antes que tomem o corpo. Nesses casos, ele vai retirá-las por aplicação de medicamento cáusticos no local, por retirada cirúrgica convencional ou ainda pela criocirurgia (cirurgia pelo frio).

Doenças sistêmicas - varicela / sarampo / escarlatina

Embora conhecidas como doenças de crianças, também se instalam nos adultos, que podem ser acometidos mais fortemente por elas. Os portadores de seus vírus apresentam sintomas semelhantes aos causados pela gripe, como mal estar, febre, fadiga, desânimo e, eventualmente, gânglios. Mas, além desses sintomas gerais, aparecem também alterações significativas na pele. No sarampo, por exemplo, a pele de todo o corpo apresenta exatamente (vermelhidão). A escarlatina, da mesma forma, deixa a pele avermelhada e com grosseirões. Ocorre também dor de garganta. Bolhas, feridas e coceira são sinais da varicela na pele.

Além da temperatura amena que contribui significativamente para a disseminação do vírus, há fatores como baixa resistência orgânica, desnutrição, condições de higiene insatisfatórias, alcoolismo (adulto), que também podem contribuir para a ocorrência dessas moléstias.

Com sintomas iniciais aparentemente inofensivos, essas doenças podem comprometer outros órgãos e levar até a morte, como acontece com o sarampo e a escarlatina. Por isso, aconselha Denise, deve-se procurar o médico assim que apareçam os primeiros sinais. Segundo ela, não se pode experimentar remédios indicados por terceiros aleatoriamente, pois a automedicação torna o vírus mais resistente, quase indestrutível. Recomenda ainda repouso, dieta alimentar equilibrada e cuidados gerais de limpeza.

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

voltar

 

2004 © - Dermatologia - Dra. Denise Steiner - Dermatologista - Todos os direitos reservados
2004 © - Dermatologia - Dra. Denise Steiner - Dermatologista - Todos os direitos reservados