Vitaminas

O que é?

Vitaminas (aminas vitais) são substâncias essenciais à vida. Sem elas os organismos vivos não existiriam, portanto nem é necessário falar de sua importância geral. Muitas delas são considerada antioxidantes e portanto tem um papel grande no envelhecimento cutâneo. A oxidação ocorre por causa da formação de radicais de oxigênio, que transferem a sua energia para as células vivas, resultando no dano celular. As proteínas celulares, enzima, DNA e RNA ficam então danificados, sendo responsáveis pela aceleração do envelhecimento cutâneo. Várias vitaminas funcionam como antioxidantes endogenamente. Entre elas estão a vitamina C, vitamina E, vitamina A, ubiquinona e ácido lipóico. Outras vitaminas são adicionadas a hidratantes tópicos pelo seu efeito de barreira, tais como pantenol e niacinamida.

O que vamos resumir aqui é como utilizar as vitaminas em compostos de uso tópico. Para efeito didático vamos organizá-las, falando das mais frequentemente utilizadas.

 

Vitamina A

A vitamina A e o seu precursor chamado de Beta-caroteno são de uma família de derivados naturais e sintéticos conhecidos como retinoides. Os efeitos anti idade são bastante conhecidos mas existe uma dificuldade em formulá-los por causa da sua instabilidade à luz (fotoinstabilidade). Desta forma a embalagem, quer seja para uso oral ou tópico, deve ser sempre escura para evitar a degradação pela luz. Quando exposto a luz torna-se de coloração amarelada, o que indica um processo de oxidação do produto. Como a transformação da forma tópica em forma eficiente se dá dentro da pele , é fundamental que se tenha um veículo adequado para que a quantidade de vitamina A que se aplica entre realmente na pele.

 

Vitamina C

A vitamina C está presente em uma série muito grande de produtos, com várias formas de apresentação tais como loções, líquidos e cremes. Diz-se que a vitamina C tem capacidade anti envelhecimento por que funciona como antioxidante por limpar os radicais livres e por regenerar a vitamina E. Sabe-se que ela é essencial para a cicatrização. Teoricamente devemos ter no corpo uma quantidade de 1500 mg de reserva de vitamina C, que é rapidamente consumida quando nos expomos à radiação solar (UV). Assim, sua função seria de proteção solar e clareadora da pele. O grande problema reside no fato de que esta vitamina é muito instável. Ela é inativada quando exposta à luz, umidade e oxigênio Quando as preparações com vitamina C ficam acastanhadas ela já não tem nenhum valor.

 

Vitamina E

A vitamina E, como a vitamina C, é um antioxidante natural que aparece no nosso próprio corpo. Embora a sua concentração normal seja muito pequena na epiderme, ela é o antioxidante solúvel na membrana celular mais importante que temos. A vitamina C e a vitamina E trabalham sinergicamente, porque a vitamina E pode recobrar a sua capacidade antioxidante na presença da vitamina C. A forma da vitamina E com maior atividade é o alpha tocoferol. Ela estabiliza as membranas celulares protegendo-as contra as agressões externas. Além de ser um antioxidante, tem como função a fotoproteção, melhorar a hidratação, aumentar a suavidade da pele e incrementar a textura. O modo de ação se dá através da atração de água para a epiderme, funcionando como umectante.

Leia mais

Dermatologia Clínica
Obesidade e Pele
Dicas Verão
Protetor Solar
Fatos e Casos de Verão
Dicas para a pele no Inverno
Tabela de Vitaminas

Pesquisar

Entre em contato

Preencha o formulário abaixo e em breve entraremos em contato para oferecer mais informações:


Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &