Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia

:: Dermatologia Clínica

Novo Tratamento para Vitiligo

O vitiligo caracteriza-se pelo aparecimento de manchas brancas (acrômicas) não contagiosas e sem causa determinada.

Embora não comprometa os órgãos internos e não prejudique a saúde como um todo o vitiligo causa intensa reação emocional ao seu portador.

A pessoa fica estigmatizada , perde auto-estima, e torna-se introspectiva e tensa.

O tratamento para esta dermatose é difícil e prolongado. Os medicamentos mais utilizados são os psoralênicos que estimulam a pigmentação. Estas substâncias quando ingeridas por via oral podem ser hepatotóxicas e quando usadas na pele favorecem queimaduras. Apesar destes efeitos colaterais os psoralênicos são muito usados para o tratamento do vitiligo, pois são efetivos para provocar pigmentação.

Existe no momento, uma nova opção para estimular a formação de melanina com menos efeitos tóxicos.

Trata-se do "kellin"

5-8 dimetoxi-2-metil-4-5 furo-6-7 cremona derivado de uma planta que pode ser usada por via sistêmica ou local.

A grande vantagem desta substância é o potencial pigmentante sem agressão a pele. 

Sua aplicação tópica seguida de radiação ultra violeta A ou sol permite repigmentação rápida e eficaz sem fototoxicidade local.

O tratamento local sempre foi uma opção interessante para a terapêutica em crianças pois evita o efeito sistêmico do remédio, mas até o momento, o tratamento tópico com os psoralenicos provocava cistos excessivos especialmente quando feito com o sol.

O produto por via tópica se formula em gel hidroalcoolico ou emulsão a 1-2% até 4% e se aplica 30 minutos antes da exposição solar. Esta deve ser feita de 2-3x semana no mínimo por 2 meses.

Cerca de 30 sessões ou exposições são necessárias para a melhora da mancha.

Em relação ao uso tópico do Kellin não há efeitos adversos, a não ser quando usado de maneira inadequada.

Quanto ao uso sistêmico deve-se monitorizar o fígado, mas a toxicidade é muito baixa quando comparada com os psoralenicos.

Surge uma nova luz no fim do túnel,como tratamento único ou associado a outros o Kellin parece ser uma perspectiva interessante.

 

 

 

voltar

 

2004 © - Dermatologia - Dra. Denise Steiner - Dermatologista - Todos os direitos reservados
2004 © - Dermatologia - Dra. Denise Steiner - Dermatologista - Todos os direitos reservados