BIOESTIMULADORES

Publicado por denisesteiner em

 

O envelhecimento do organismo e da pele estão relacionados a perda de tonicidade e elasticidade, devido a diminuição do colágeno e elastina. Vários fatores interferem neste processo como: idade, doenças, medicamentos, desnutrição, sol, poluição, falta de sono estresse e muito mais.

O colágeno é a principal proteína do corpo humano e está envolvido com todos os tecidos do organismo, formando uma matriz de fibras entrelaçados que também é responsável pela tonicidade da pele. Com o passar do tempo produzimos menos colágeno e também um colágeno de pior qualidade. Essa tendência é a principal responsável pela aparência flácida que a pele vai adquirindo com o passar do tempo. Isso ocorre no pescoço, colo, braços, barriga e pernas. Há pessoas com tendência a maior flacidez, mas independente da genética com o passar dos anos todos ficamos mais flácidos.

A bioestimulação consiste em utilizarmos substâncias biocompatíveis e diluídas e que são infiltradas na pele para compor a matriz dérmica interna e promover estímulo de colágeno.

As substâncias utilizadas na bioestimulçao são o ácido polilático e a hidroxiapatita de cálcio ambas biocompatíveis e não definitivas. Essas substancias são infiltradas na pele e distribuídas em toda matriz gerando um estimulo de colágeno na região. Essas aplicações são feitas com agulhas ou cânulas e distribuídas por cm² em toda a região tratada. A anestesia é local e o procedimento é ligeiramente doloroso sendo feitas aplicações quinzenais ou mensais, completando de 2 a 5 aplicações. O produto é diluído e depois da aplicação, a textura da pele deve ser homogênea. O resultado começa a ser visto após 1 mês e atinge o ápice em 3-4 meses. Os efeitos colaterais não são significativos, mas pode haver hematomas, ligeiro inchaço e nodulações passageiras que desaparecem com o tempo e massagem.

A bioestimulção pode ser feita desde os 30 anos, pois ela é ideal para prevenir a perda de colágeno que ocorre desde cedo. Infelizmente com o passar do tempo a resposta aos estímulos vão sendo mais fracas e evoluímos para ter pior qualidade e quantidade de colágeno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &