Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia

:: Atualidades

Cosmiatria 

A área de cosmiatria nos últimos anos tem avançado a passos largos, aliando tecnologia e pesquisa para melhores resultados finais.

Em relação ao uso de produtos tópicos principalmente para o envelhecimento ativos novos todos os dias que precisam ser vistos de maneira crítica e objetiva.

O ácido retinoico já consagrado tem embasamento científico suficiente para ser reconhecido como opção terapêutica para o tratamento do fotoenvelhecimento. Sua ação regularizando a formação da camada córnea melhorando a proliferação dos queratinócitos promovendo angiogenese e neocologenese revertem positivamente sinais do fotoenvelhecimento. A fronteira do conhecimento está no desafio de utiliza-lo sem que provoque irritação em posologias que tenham resultados.

A tretinoína micronizada com liberação controlada provoca menos irritação, vem de encontro a necessidade de usar sem inflamação.

O ácido retinoide é utilizado em tratamentos de acne e fotoenvelhecimento, pode ser usado durante os meses ensolarados pois não causa foto sensibilidade.

Trabalhos mais recentes apontam que a ação da mesma é irritativa devido a modulação na camada córnea e angiogenese. Porem os vasos neoformados são competentes levando melhor nutrição à pele como um todo.

Em relação aos antioxidantes de uso tópico houve muito avanço nos últimos tempos. O maior conhecimento do processo de oxidação com a formação de cadeias superóxidas que desencadeiam uma cascata inflamatória com aumento de citoquinas e fatores tumorais leva ao desgaste e envelhecimento da cútis de uma maneira geral. Várias estruturas são atingidas como: vasos, células, fibras e também o DNA que mais tarde se transforma também em tumores malígnos.

A vitamina C com seu efeito antioxidante é uma das representantes principais no arsenal de substâncias utilizadas para este fim.

Recentemente se comprova que a pele foto envelhecida apresenta uma inflamação crônica subclínica que representa um fator acelerador no envelhecimento. Neste processo inflamatório estão ativadas vários mediadores que funcionam como estímulos provocativos e agressores.

A idenobenona, o ácido lipoíco, o chá verde entre outros são alguns dos ativos que despontam como potenciais agentes antienvelhecimento.

Estas substâncias em especial o chá verde vem sendo testada como antitumoral e faz parte de ensaios clínicos na quimio prevenção da melanona.

Há inúmeros trabalhos que tentam padronizar as doses diárias e utilização para o uso dos antioxidantes no tratamento do envelhecimento cutâneo.

Os peptídeos também despontam como opção interessante no tratamento da pele fotodanificada. Eles são moléculas grandes de aminoácidos e podem ter funções diversas como: sinalizadores, carregadores e neuromoduladores.

Estas moléculas pela facilidade de penetração pode sinalizar e transportar substâncias para planos mais profundos da pele. Através de ação em neurohormônios os peptídeos também podem modificar processos exacerbados  da pele.

Um dos representantes desse grupo é o Argireline.

Hoje a fronteira reside em combinarmos de maneira correta os cremes para preservar o dano oxidativo gerado principalmente pela ação da radiação ultravioleta.

Na área de preenchimentos desde o tempo do colágeno muita coisa evoluiu e temos mais recursos para o tratamento de rugas e sulcos. 

Dra. Denise Steiner

 

 

 

voltar

2004 © - Dermatologia - Dra. Denise Steiner - Dermatologista - Todos os direitos reservados
2004 © - Dermatologia - Dra. Denise Steiner - Dermatologista - Todos os direitos reservados