ALOPECIA FIBROSANTE FRONTAL

Publicado por denisesteiner em

O que é:

A Alopecia Fibrosante Frontal, causa a queda e o afinamento dos fios na região frontal, levando ao aumento progressivo da testa e das entradas laterais.

Esta alopecia tem aumentado muito, sendo considerada quase uma epidemia. Sua causa ainda não é conhecida e várias teorias são aventadas, embora nenhuma comprovada.

As sobrancelhas também são comprometidas e podem praticamente desaparecer.

A alopecia fibrosante frontal, compromete principalmente mulheres pós menopausa, não há sintomas importantes, mas o cabelo na região da testa apresenta uma discreta descamação ao redor da saída do fio.

Na pele do rosto também podem aparecer pápulas cor da pele, deixando o rosto áspero e irregular.

A região frontal fica mais lisa, esticada e brilhante com aspecto cicatricial. O comprometimento e a perda do fio são definitivos.

Como tratar:

A alopecia fibrosante frontal não tem tratamento especifico porque a causa não é conhecida. Em geral são utilizados alguns medicamentos em combinação para conseguir melhores resultados.

Finasterida: é usada na dose de 1 a 4mg dia, por um período de 3 a 4 meses.

Cloroquina: em geral é utilizada na dose de 200 a 400mg dia, por um período de 3 a 4 meses

Corticoesteróide tópico: isolado ou com ácido salicílico é utilizado de 1 a 2 vezes por semana para controlar a inflamação e a coceira.

Em geral essas três substâncias são combinadas no início do tratamento, principalmente nos primeiros três meses, para controlar a queda capilar.

Em algumas situações, são combinados outros tratamentos como LED, Laser de baixa potência, Radiofrequência com um aparelho chamado Legato e o MMP - Microinfusão de medicamentos na pele,

 

Microinfusão de Medicamentos na Pele - MMP

Utiliza-se um aparelho similar a máquina de tatuagem que propicia três mecanismos:

1-Picada na pele provoca melhora da vascularização

2- Medicação que chega mais próxima do local afetado (folículo pilo-sebáceo)

3-Produção de fatores de crescimento, que são trazidos pelas gotículas de sangue que ocorrem após a puntura na pele.

 

É importante ressaltar que o tratamento da alopecia fribrosante frontal deve ser precoce para evitar a perda definitiva do fio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Clínica Denise Steiner. Dermatologia | 2017. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por &